Domingo, 30 de Abril de 2006

Uma lágrima

Hoje choro... mas ninguém sabe... ninguém consegue ver ou sequer sentir quando eu choro por ti. Choro porque tenho tantas saudades, porque é tão difícil viver sem ti, porque eu não queria chorar por ti...

A noite chega e o meu coração fica em pleno silêncio, porque sei que estou só...sem ti... E sei que quando a noite acabar e o sol entrar pela janela vou continuar só...sem ti... mais um dia da minha vida.

Perdi o teu olhar, o teu sorriso, o teu cheiro, a tua voz, a tua doce companhia... e eu sinto-me tão sozinha. Desculpa... eu não queria que me visses chorar..

Perdoa-me se falhei, e eu sei que sim... Mas era tão difícil ver-te a morrer, ver-te a fugir de mim e eu não te podia agarrar. O pior é que no fundo nunca acreditei que algum dia pudesse ficar sem ti, e esse foi o meu maior erro e que me há-de acompanhar até ao fim, até ao dia em que te possa pedir perdão pessoalmente...

Eu adoro-te tanto... tanto... tanto....

Sinto-me tão sozinha.................


publicado por Porcelinna às 22:41
link do post | deixa uma loucura... | favorito
|

.Aquilo que sou

.pesquisar

 

.Maio 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
25
26

28
29
30
31


.A minha alma

. ...

. Tempo

. Arco-Iris da Vida

. Dias de vento

. Sem Titulo

. Uma lágrima

. Ao pensar em ti

. Só quero ser tua

. A tua rosa

. ...

.Memórias passadas

. Maio 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds